Psicoterapia Simples

O nome Psicoterapia Simples surge das reflexões e aprendizagens adquiridas ao longo da minha vida.

Aprendi que nem tudo deve ser complicado, difícil, com esforço, muitas das vezes depende da nossa postura interna, da forma como lidamos com as coisas, da confiança no sentir, da confiança em nós próprios e nos nossos recursos.

A psicoterapia tem como objetivo ajudar o individuo a aceder e reforçar os seus recursos internos.

As coisas que parecem simples na realidade podem ser muito complexas, profundas e verdadeiras. Na simplicidade encontramos tesouros verdadeiros, na simplicidade encontramos a felicidade.

Chamei Psicoterapia Simples mais ainda porque apesar da nossa evolução enquanto sociedade, muitas pessoas continuam a associar a psicoterapia e o processo psicoterapêutico a doença mental. A psicoterapia não “trata” ou “cura” doenças mentais mas pode complementar o tratamento de foro psiquiátrico.

A psicoterapia é um caminho de altos e baixos mas que ao longo prazo traz imensos benefícios para a saúde física, psicológica e emocional.

A psicoterapia é destinada a pessoas que queiram conhecer-se mais, autodesenvolverem-se, conhecer a linguagem corporal, aceder e ultrapassar memórias e acontecimentos traumáticos, aprender lidar e autorregular a respiração, a ansiedade, o stress, esgotamento nervoso e síndrome de burnout, tristeza, transtornos da personalidade e comportamentos autodestrutivos, depressão, etc.

O nosso corpo também conta uma história, as nossas dores e doenças físicas são vozes dele.

No trabalho das questões psicossomáticas olhamos antes para a pessoa que tem a doença e não para a doença em si.